Menu

Rádio Cultura Comunitária FM
104.9Mhz
A nova voz do seu rádio.

Denúncia da Folha produz climão no PSL, partido de Bolsonaro

11 FEV 2019
11 de Fevereiro de 2019
Um sinal de que a reportagem da Folha tem consistência é o climão gerado no PSL, o partido de Bolsonaro.

O atual secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, foi apontado  como responsável pela transferência de R$ 400 mil para uma candidata-laranja em Pernambuco.

Na época, Bebianno era presidente nacional do PSL.

Mas Bebianno joga a bomba nas mãos de Luciano Bivar, que, na época, presidia o PSL em Pernambuco.

Agora o critério, se o dinheiro vai para Maria, aí é um critério definido pela estadual, e a estadual dizia exatamente para quem deveria ir o dinheiro’.”

Bivar é hoje presidente nacional do partido.

Para completar o filho de Bolsonaro – Eduardo – manda dizer que seu pai não tem nada a ver com esse problema.

A culpa seria do partido, segundo ele.

Assista ao vídeo em Catraca Livre
Voltar
Tenha também o seu site. É grátis!